Direito da Família e Menores

Referências

Título

Cooperação ordenada e interdisciplinar na resolução de conflitos parentais - A experiência do Tribunal de Cochem-Zell

Autoria

Dr. António José Fialho, Juiz de Direito

Transferência

Edição:

Verbo Jurídico, Março de 2011

Reference

Title

Coordinated and Interdisciplinary Cooperation in Parental Conflict Resolution - The Experience of the Family Court of Cochem-Zell

Author

Dr. António José Fialho, Family Judge
Translation: Bláthnaid Deeny

Download

Edition

Verbo Jurídico, 2012 March

Sumário

     
    A cooperação ordenada implica que todos os intervenientes profissionais devem participar no conflito familiar de uma forma assertiva para que a responsabilidade parental seja reforçada e para que nenhum dos progenitores possa encontrar naqueles profissionais qualquer eco do modelo adversarial ou da sua atitude de destruição em relação ao outro.

    Este modo de cooperação só pode funcionar quando os profissionais envolvidos estão dispostos a permitir o desenvolvimento de um processo de modificação de ajustes baseado na estima e na aceitação mútuas, deixando de persistir um estado de desconfiança ou de compreensão falsificada e rejeitando o modo de pensamento predominante vencedor-vencido

    Por seu turno, a cooperação interdisciplinar exige que todos os profissionais envolvidos (magistrados, advogados, técnicos, mediadores e conselheiros parentais) se aceitem mutuamente e procuram o mesmo objectivo, mediante a adopção de reuniões regulares entre eles, supressão dos preconceitos e a aceitação mútua das diversas valências em relação ao objectivo a ser atingido: - a resolução do conflito parental.

    O Modelo de Cochem é um modelo de acção para a cooperação interdisciplinar nos conflitos parentais e funciona desde 1992, com uma enorme taxa de sucesso, nomeadamente apresentando elevados índices de respeito pelas decisões do regime de contactos pessoais entre a criança e o progenitor não guardião (nalguns períodos temporais de cem por cento), vertente em que os conflitos parentais eram mais evidentes e desgastantes para o superior interesse da criança.

 

© verbojuridico.net | com | org. Direitos Reservados.

Imprimir